sábado, 5 de fevereiro de 2011

Um carnaval invertido - Adriana Lisboa



"Tudo ao redor estava tão confuso que fazia pensar numa terça-feira de Carnaval com suas cornetas estridentes, seus foliões mascarados, suas chuvas de confete e serpentina. Um carnaval invertido. Nenhuma brincadeira: a verdade. Nenhuma fantasia: a verdade."

(Adriana Lisboa in: Sinfonia em branco. Ed. Rocco, p. 71)

10 comentários:

  1. A verdade é a realidade, né?

    ResponderExcluir
  2. Carnaval a destempo, confusão de ideias.
    Um bj querida amiga

    ResponderExcluir
  3. Carnavais não me interessam. Carnavais invertidos, sim.

    ResponderExcluir
  4. Por isso nasci numa quarta-feira de cinzas! rsrsrs
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  5. qUE TRISTE...

    Quem Suportaria 2... rsrsrs

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Espero um carnaval invertido em março!

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now