quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

o tipo de pessoa que acha uma graça danada na vida

"Vi que era o tipo de pessoa que acha uma graça danada na vida. Ele é feliz, e a felicidade dele me contagiou."

(Ana Letícia Leal in: Para crescer. Ed. Escrita Fina, p. 55)

13 comentários:

  1. Putz, embora meus comentários e posts não deixem parecer, eu sou o tipo oposto de pessoa. Se isso é bom ou ruim, é coisa que ainda não me decidi.

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de companhia. Se bem que, dependendo da hora, até a felicidade irrita. Rs...

    ResponderExcluir
  3. Tenho achado uma graça irresístivel na vida ..
    Mas não se dá ao fato de ter alguém ao meu lado e sim por sentir um alívio na alma de algo que nem mesmo eu sabia que pesava tanto.

    É a felicidade vindo aos poucos de encontro novamente ..

    beijo meu'

    ResponderExcluir
  4. É tão bom estarmos acompanhados de pessoas que são felizes, tão felizes que nos contagiam e nos deixam também demasiadamente felizes!

    ResponderExcluir
  5. A felicidade é super contagiosa... MAs tem gente que é imune... Eu sou frágil a felicidade dos outros e a própria em si...

    Te Abraço com carinho!!!!

    ResponderExcluir
  6. Que delicia uma pessoa assim...

    Eu me contagiaria facilmente....e se fosse o contrário tb....prefiro as pessoas de bem com a vida....

    bjo!

    Zil

    ResponderExcluir
  7. Ele é triste, e a tristeza dele me completou.

    ResponderExcluir
  8. pessoas felizes demais incomodam,


    beijo

    ResponderExcluir
  9. essas pessoas são ótimas, mas por outro lado as pessoas que nos levam a pensar, refletir também o são (indiretas para esse blog lindo)

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Não há maneira melhor de levar a vida.

    ResponderExcluir
  11. Felicidade realmente pode ser contagiante... mas estar sempre feliz, na minha modesta opinião, tb é uma anormalidade... rs
    Beijos, Van!

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now