terça-feira, 1 de março de 2011

felicidade inefável


"(...) era como uma felicidade inefável que nem o presente nem o futuro nos podem trazer e que não se desfruta mais que uma vez na vida".

(Marcel Proust in: Em busca do tempo perdido vol. 2 - À sombra das raparigas em flor.Tradução de Mario Quintana. Ed. Globo, p. 356)

3 comentários:

  1. Palavra nova para meu vocabulário: Inefável. Nunca havia escutado, juro... rs!
    adorei!
    :)

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now