terça-feira, 22 de junho de 2010

Pelos seus pântanos onde talvez monstros machucados ainda vagassem, tanto tempo depois



"Ainda se escondiam nela, porém, emoções que só poderiam ser expressas com seu vocabulário antigo, seu vocabulário tosco de moça inadequada. De menina que adorava burlar proibições. E que acabara se decidindo pela fazenda em lugar da villa de papa Azzopardi. Pela sua própria vida, em lugar da vida do outro. Pelos seus próprios segredos, também. Pelo seu próprio degredo voluntário. Pelos seus pântanos onde talvez monstros machucados ainda vagassem, tanto tempo depois".

(Sinfonia em Branco, Adriana Lisboa, Ed. Rocco, p. 20, livro que comecei ontem, e, apesar de ter lido apenas um capítulo, fiquei tomada de paixão. RECOMENDO MUITO a leitura)

19 comentários:

  1. Monstros machucados são menos monstruosos, inspiram cuidados...

    ResponderExcluir
  2. Nos meus pântanos há algumas rãs, sem beijos.

    ResponderExcluir
  3. O problema de monstros machucados é que muitas vezes eles se curam. A cura do monstro é a nossa perdiçao!

    ResponderExcluir
  4. Relembrar vocabulários esquecidos..remexer pântanos obscuros [tanto tempo depois], faz com que avaliemos onde chegamos.

    beijos cintilantes

    ResponderExcluir
  5. Me identifiquei litros flor!

    Esse msn é seu mesmo aí do lado?
    Tomei a liberdade de te add...

    beeijos

    ResponderExcluir
  6. sinfonia em branco

    monstros vagam, vagas ondas

    tuas leituras são convidativas,

    beijo

    ResponderExcluir
  7. A parte que mais gostei não foi dos monstros mas sim da que ela decidiu por sua própria vida em lugar da do outro.

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. esse teu "RECOMENDO MUITO" me deixou instigada...o trecho também. Vou atrás!

    ResponderExcluir
  9. Oie, adoro os seus posts, é um melhor que o outro, show!
    Lindona tem selinho pra vc lá no meu Cantinho, o nome do selinho é "Prêmio Dardos" e está no meu segundo post do dia 21/06, beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  10. Encantador blog el tuyo, un placer haberme pasado por tu espacio.

    Saludos y un abrazo.

    ResponderExcluir
  11. Ainda ontem vaguei por horas na livraria a procura de algo que pulasse aos meus olhos e não comprei nada, de repente uma sugestão dessas, acho que pode ser muito mais que concidência!
    "...Emoções que só poderiam ser expressas com seu vocabulário antigo, seu vocabulário tosco de moça inadequada. De menina que adorava burlar proibições.." Ah quero ler todinho!!
    bjoooo

    ResponderExcluir
  12. os sentimentos de perda, rejeição, abandono, infortúnio... geram nos nossos ventres frankensteins que se apoderam da central de comando de cada um de nós - o coração - sem prazo-limite para adormecerem...
    um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Dando uma passadinha para conhecer vc.
    Adorei teu blog! Belíssimo!
    Se puder visita meu cantinho tb!
    Vou te seguir ... Adoro pessoas inteligentes, observadoras, guerreiras e sensíveis!
    Acho que no meu pântano tem mostros que ME machucaram, mas já faz algum tempo rssss.

    Bjs doces!

    *´¨)
    ¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*¨)
    (¸.·´ (¸.·` *♥ Jussara Christina ♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥

    ResponderExcluir
  14. Conheci Adriana anos atrás e gostei.

    ResponderExcluir
  15. Eu ja me interessei elo livro so pela frase "Pelos seus pântanos onde talvez monstros machucados ainda vagassem, tanto tempo depois".

    ResponderExcluir
  16. Um dia vc ainda me leva à falência. rs
    Trecho maravilhoso!

    ResponderExcluir
  17. Ciça,
    Levo não, rs. Todos os meus livros e filmes podem ser emprestados a ti...
    Você que tem essa "mania" de querer possuir os teus próprios :P

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now