quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Se isso, se aquilo. (Woody Allen)


“Mas porque querem saber disso? Deus, tem seus próprios problemas. Tenho certeza que estão obcecados com suas tristezas, esperanças e sonhos. As previsíveis vidas amorosas infelizes. Seus empreendimentos fracassados. “Ah, se eu tivesse comprado aquela ação.” “Se eu tivesse me aproximado daquela mulher.” Se isso, se aquilo. Querem saber? Me dêem um tempo com esses seus “poderia ter” “deveria ter.”

(Do filme: Tudo pode dar certo. Direção de Woody Allen)

12 comentários:

  1. as pessoas vivem de alcançar sonhos através dos "ses" - o "se" é uma esperança no final do túnel - ainda que lhe custem a realidade, dá algum sentido para continuar com suas vidinhas, enfim.

    :)

    beijos

    ResponderExcluir
  2. preciso logo vê este.

    ai Van linda, que saudades!
    estou sem internet... =/ passando rapidinho.


    beijo de poesia.

    ResponderExcluir
  3. O "e se..." não existe. Por que mesmo assim perdemos tanto tempo com ele?! Afff
    Beijos, lidona!

    ResponderExcluir
  4. 'E se...'

    É fato que esse homem faz o caos e a delícia dos leitores.

    ResponderExcluir
  5. Deixar os "se(s)" é uma questão de sabedoria...

    ResponderExcluir
  6. como aprender a sair desta, não é??

    tomara que amanhã eu faça e não fique mais no 'deveria'.

    Um Beijo

    ResponderExcluir
  7. Adoro Woody Allen! :) Por isso sou do tipo de apostar de não de ficar imaginando o que teria sido...rs

    Te sigo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Acabei de escrever em outro blog que esse "e se...?" é que machucar qualquer pessoa...

    ResponderExcluir
  9. "Poderia", "deveria"... ambos os verbos estão no passado. É muito fácil olhar para trás e reconhecer qual "teria sido" o caminho certo. O pulo-do-gato na vida é, penso eu, fazer as escolhas com o que temos no momento e assumir as responsabilidades.

    ResponderExcluir
  10. Teresinha Oliveira27 de janeiro de 2011 19:11

    Bem cáustico! Bem Woody Allen! Ah...SE eu já tivesse assistido...Meu comentário talvez fosse melhor.

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now