domingo, 2 de janeiro de 2011

porque as coisas nunca são uma só coisa


"Mas não era só isso, porque as coisas nunca são uma só coisa e, à medida que escrevemos sobre elas, os caminhos se bifurcam, às vezes queremos seguir todos eles e uma escrita vai se tornando interminável, até que entregamos os pontos de pura exaustão."

(Conto: Uma carta. 50 contos e 3 novelas de Sérgio Sant´Anna, Ed. Companhia das Letras, p. 325)

19 comentários:

  1. E a psicanálise foi uma das responsáveis por mostrar ao mundo que uma coisa não é só uma coisa. Uma coisa é "sobredeterminada" - para usar uma palavra que Freud gostava bastante - por várias coisas. Que coisa, não?

    ResponderExcluir
  2. Uma coisa e várias, em si, ao seu redor, significante e significados.

    ResponderExcluir
  3. Oi ...acho isso fascinante....

    Bjo!

    Zil

    ResponderExcluir
  4. Escolhas são imprescindíveis sob pena de uma interminável frustração
    Um bj

    ResponderExcluir
  5. Husserl gostava do seguinte jargão filosófico: "transcendência da imanência", quer dizer, alguma coisa sempre irá nos escapar no seio daquilo que nos é dado.

    ResponderExcluir
  6. O desespero de quem escreve: não perder o foco.

    ResponderExcluir
  7. Uau... que debate nos comentários...

    Adorei...
    Boa viagem!
    =)

    ResponderExcluir
  8. Esse é o drama de todos os perfeccionistas ...

    ResponderExcluir
  9. Geralmente, de forma bem literal, não sofro com meus escritos. Gosto de escrever em um sentada. Em doses sedantes. Principalmente porque “os caminhos se bifurcam”, encontram-se, e, na maioria das vezes, entrelaçam-se no emaranhado do pensar. Por isso, ao deixar para depois, novos ingredientes são acrescidos ao depois. Eis aqui o meu limitado olhar.

    ResponderExcluir
  10. ✩✩✩ Feliz 2011 ✩✩✩

    "Nós abriremos o livro. Suas páginas estão em branco. Nós vamos pôr palavras nele. O livro chama-se Oportunidade e seu primeiro capítulo é o Dia de ano novo." (Edith Lovejoy Pierce)

    Ingredientes: prosperidade, felicidade, amor, sonhos, luta, vencer! Sabedoria para construir o que se espera de um novo amanhecer.

    Obrigada por estar comigo em 2010! Que hoje e sempre não seja diferente. Vamos somar aprendizados.

    Bjuxx e xeroo

    Juliana Carla
    brailledalma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Muito verdade, isso...sempre acabo escrevendo desdobrando um texto inicial em vários outros...
    Bjos e Feliz 2011!! =)

    ResponderExcluir
  12. Feliz 2011!!!
    E que nunca entregemos os pontos seja na escrita ou seja na vida.

    ResponderExcluir
  13. Às vezes não tem jeito mesmo e o melhor é entregar os pontos e deixar a vida tomar conta do resto.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Será que a gente consegue completar aquele oco do desejo?

    ResponderExcluir
  15. 'os caminhos se bifurcam...'

    E é bem verdade!
    Que saudade daqui *-*
    Feliz 2011, querida.
    Beijo no coração ;*

    ResponderExcluir
  16. Trecho que realmente descreve os escritores, principalmente quem escreve pra distração ou desabafo...

    Mas um coisa nao é simplesmente uma coisa, até pode ser aos olhos de quem vê, mas nao é aos olhos de quem escreve ou vive tal "coisa"!

    ResponderExcluir
  17. Todas as coisas são feitas digamos assim, de uma só coisa, ora se esta coisa não fosse feita de uma coisa, não me seria possível ler esta coisa. Tem de se viver a coisa, sentir a coisa, despertar para a coisa, por vezes mexer na coisa, coisas mexidas almas sentidas...sei lá são coisas!

    ResponderExcluir
  18. Vc é especialista em ilusões perdidas?

    Minina qui coisa?

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now