sábado, 23 de abril de 2011

Deve haver algum modo, quem sabe


“Deve haver como me perder, de algum modo. Deve haver como me perder para encontrar aquele lugar no mundo que nunca foi pisado antes, um território realmente virgem. Deve haver algum modo, quem sabe, de partir em viagem e não regressar mais.”

(Adriana Lisboa in: Rakushisha. Ed. Rocco, p. 53)

14 comentários:

  1. legal teu blog. estudei psicanálise mas acabei abandonando por motivo de força maior!rs
    obrigado por mim add. leia meus textos sobre os filmes de hitcock, poderá gostar.

    abraço

    ResponderExcluir
  2. de vez enquanto também bate a vontade de ir pra não voltar mais ;*

    ResponderExcluir
  3. Sempre lindo...Esse ir...Beijos e feliz páscoa.

    ResponderExcluir
  4. Tb procuro essa maneira de me perder.

    citacoesecia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sempre haverá dias assim...
    Feliz páscoa!

    ResponderExcluir
  6. Essa vontade de perde-se é constante.

    ResponderExcluir
  7. deve haver um lugar onde a felicidade é um dever.

    ResponderExcluir
  8. Volta e meia me encontro em momentos assim. Mas são nestes momentos que não saio do lugar. Um ótimo sábado pra ti. E um domingo de páscoa abençoado.

    ResponderExcluir
  9. Sonhar é um modo de se perder de outro lado, o lado de lá...

    ;-)

    ResponderExcluir
  10. Eufemismo dominando.. ''Quando a morte bate à sua parte você deve parar pra ouvi-la''.

    ResponderExcluir
  11. perder é tantas vezes se encontrar - também.

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now