quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

se lembrar de um tempo feliz, ainda que ele nunca tenha existido

 "Levei anos, quase uma vida, até entender que para a minha mãe pouco importa se os momentos passados foram felizes ou não. O importante é se lembrar. É disso que ela precisa, se lembrar de um tempo feliz, ainda que ele nunca tenha existido".

(Tatiana Salem Levy in: Dois rios. Ed. Record, p. 80)

9 comentários:

  1. Gosto de dizer que tenho saudade do que ainda não vivi..rs
    Beijos querida!

    Juliana

    ResponderExcluir
  2. Tão bom lembrar o que passamos de bom...

    ResponderExcluir
  3. eu simplesmente acho o máximo ler reflexões sobre a memória/esquecimento/passado.
    acho de uma auto reflexão...

    ResponderExcluir
  4. ainda hoje minha mãe disse isso em outras palavras...

    ResponderExcluir
  5. Lembrança, imaginação e desejo se misturam. Sempre.

    ResponderExcluir
  6. Existe em mim, constantemente, uma saudade não sei do que...
    Lindo seu blog.

    ResponderExcluir
  7. Eu prefiro não lembrar, e meu cérebro é muito bom nisso.

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now