sábado, 23 de julho de 2011

agarrando pensamentos

"Sentia a tração de emoções contrárias, precisava se agarrar aos meus melhores e mais ternos pensamentos em relação a ela, senão achava que podia sucumbir, simplesmente entregar os pontos."

(Ian McEwan in: Na praia. Ed. Companhia das Letras, p. 103)

2 comentários:

  1. Adorei esse livro!
    A dor de amor chega mesmo a ser física.
    Fica bem! Beijo!

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now