sexta-feira, 6 de maio de 2011

tão naturalmente como se de alguma forma fosse inevitável


“Outros filmes viriam nos dias seguintes, e tão naturalmente como se de alguma forma fosse inevitável, também vieram histórias pessoais, passados, alguns sonhos, pequenas esperanças...”

(Caio F. in: Aqueles dois)

6 comentários:

  1. Sempre vieram, por quê não agora?

    ResponderExcluir
  2. Ahhh cada história e esperança é uma renovação da vida... Todos os dias há essa renovação... todos os dias existem mudanças...

    bjs.

    ResponderExcluir
  3. Que venha todas essas pequenezas, tem muito espaço pra coisas boas e ruins aqui.

    ResponderExcluir
  4. Pequenas esperanças... no meu caso se tornou em uma esperança pequena.

    ResponderExcluir
  5. a inevitabilidade é a bandeira do fracasso.
    beijos!

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now