domingo, 19 de dezembro de 2010

São as coisas que você não diz...



“Estou sempre à espera das coisas que você não diz.”

(Ribamar, José Castello, ed. Bertrand Brasil, p. 63)

12 comentários:

  1. Porque tem coisas que precisamos ouvir, que precisamos que os outros nos digam.....


    Achei lindo!

    ResponderExcluir
  2. Como dói esperar o que não vai ser dito...

    ResponderExcluir
  3. Ingrata espera... o silêncio atormenta.

    bj

    ResponderExcluir
  4. Até que chega a hora de partir... Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Muito Maysa. Amei. Cadê meu whisky?

    ResponderExcluir
  6. ... e que não quero saber que você pensa... mas receio que você sinta...

    ResponderExcluir
  7. estamos quase sempre a espera do impossível, improvável, do amanhã. é sempre mais fácil esperar que viver, estar aberto ao que o instante pode nos oferecer. bjo querida!

    ResponderExcluir
  8. Essas esperas doem tanto. Doem mais do que ouvir as palavras...

    ResponderExcluir
  9. Stylish photo reminds me of the 1960s.

    ResponderExcluir
  10. E, muitas vezes, é nas coisas não ditas que está o que realmente importa.

    ResponderExcluir
  11. e... "falar o que realmente importa é considerado uma gafe" (C. L.)

    ResponderExcluir
  12. Sem problemas que não sejam usadas as palavras, desde que a atitude permita que eu ouça o que espero ouvir... De nada adiantariam palavras se o agir fosse incoerente.
    Lindo, lindo, lindo seu blog, Vanessa!

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now