quarta-feira, 8 de junho de 2011

você tenta dizer alguma coisa e de repente descobre que não consegue falar


“Faça alguma coisa!, gritava Juliet, ou tentava gritar, porque era um desses sonhos em que você tenta dizer alguma coisa e de repente descobre que não consegue falar. Envolta na mortalha do sono, ela se debateu.”

(Rachel Eusk in: Arlington Park. Ed. Record, p.13)

8 comentários:

  1. é agonizante, tenho alguns sonhos assim ..
    muito bom...
    http://amandabaracho.blogspot.com/
    passa lá, e dá tua opinião.. beijos e bom dia :D

    ResponderExcluir
  2. Se nos próprios sonhos somos privados de falar....

    bjs

    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. às vezes se fala dormindo
    mas tentar falar (e cadê a voz?)
    é o mesmo que se afogar
    nos sonhos
    ...




    beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  4. É horrível, e não consegue se mexer também. O jeito é esperar.

    ResponderExcluir
  5. Querer gritar e não poder sequer falar deve ser das maiores angústias dessa vida...

    ResponderExcluir
  6. Pior é quando isso acontece enquanto se está acordado...

    ResponderExcluir
  7. Difícl!
    Não saber como botar as palavras para fora...
    E triste..

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now