sábado, 29 de maio de 2010

Preço da inquietação

"Não tinha medo de se perder; sabia que esse é o preço da inquietação. Nem sequer tinha medo de ser mal-entendido".

(Nas tuas mãos, Inês Pedrosa, p. 66)

2 comentários:

  1. Se perder é preciso, para se conhecer de verdade. Quando lí Sidarta Gautama reconheci esse fundamento.
    Eu jamais teria uma idéia real de mim mesma se não houvesse tantos "perdidos" na minha vida, com chance de testar meus conceitos de certo e errado.
    bjks
    Mari B.

    ResponderExcluir
  2. Quem sente medo não está só.

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now