quarta-feira, 26 de maio de 2010

Eis sua função no mundo: deixar lugar para o desejo


"A Psicanálise é a única prática discursiva que leva em conta o desejo. Eis sua função no mundo: deixar lugar para o desejo. É o laço social no qual se abre a possibilidade de o sujeito falar de seu desejo. (...) Seu papel na psiquiatria, na crítica literária, no cinema etc. é fazer, na verdade, surgir o sujeito lá onde ele está foracluído pelo casamento da ciência com o capitalismo, que predomina em nosso mundo".

(A estranheza da psicanálise - a Escola de Lacan e seus analistas, Antonio Quinet, Jorge Zahar Editor, 2009, p. 96)

4 comentários:

  1. Confesso que ando precisando de outra aula daquelas contigo. Conceito de foraclusão eu não domino, não. Mas achei sensacional a forma como ele aborda a questão do desejo. Por isso amo tanto a psicanálise.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito...é bem o que dizíamos em outro dia. A ciência é psicotizante, foraclui o sujeito. Além de desresponsabilizar as pessoas por suas faltas e desejos. "Não sou eu, é o transtorno, é a genética, é o CID"...e por aí fica.

    ResponderExcluir
  3. Ler Lacan já se tornou algo pessoal...rsrsr...!

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now