quinta-feira, 29 de julho de 2010

O amor não é versão de Windows que precisa ser atualizado


"Cobrar afeto é pior do que agredir fisicamente. Incha mais do que um tapa na cara. É cortar as palavras mais do que os lábios. Assume-se a condição de credor, como se o amor fosse uma dívida.
Assume-se uma posição superior em relação ao cobrado. Uma posição hierárquica, de chefe reivindicando o cumprimento dos prazos.
(...)
Toda hora se deseja ouvir "eu te amo", como se o amor fosse chiclete para ocupar a boca.
(...)
O amor não é uma versão de Windows que precisa ser atualizado a cada ano para girar mais rápido.
O amor é lento mesmo".

(Crônica "Cobranças", in: O Amor Esquece de Começar, Carpinejar, p. 122-123)

Imagem: Henry Martin

16 comentários:

  1. Lindo trecho!
    Cada dia gosto mais ainda do teu blog...
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Concordo completamente.
    O amor é o amor e só.

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida um outro tempo... o tempo de amar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Será que se for lento dura mais? Beijo

    ResponderExcluir
  5. o amor pode ser lento... mas não dá erro.

    ResponderExcluir
  6. o amor pode ser lento...
    mas não dá erro.

    ResponderExcluir
  7. Lembrei do Filme com a Drew Barrymore onde o cara tinha que conquistar ela todos os dias.

    Legal.

    ResponderExcluir
  8. E só porque é lento é que é tão valioso.
    Tks pelas dicas no Significantes. Providenciei algumas alterações!

    ResponderExcluir
  9. Vanessa... linda essa crônica do Carpinejar....


    bjos querida

    ResponderExcluir
  10. Hahaha... adorei!
    Só você mesmo para garimpar esses trechos!!!

    Beijos =)

    ResponderExcluir
  11. Olha isto é o que eu chamo de tapa na cara.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  12. concordo plenamente, Vanessa. ;*

    ResponderExcluir
  13. Será que é lento?
    Eu discordo.

    Na realidade, acho bem relativo.
    E, além do mais, eu nem em 100
    vidas conseguiria viver essas
    emoções de forma lenta. Gosto
    de intensidade e exagero.

    ResponderExcluir
  14. Sei que não gostas quando dizem isso, mas dessa vez foi inevitável: eu JURO que "matei" a autoria já no título. Tão carpinejariano...
    "O amor é lento mesmo..." é de se agradecer. Graças, graças por alguém ter descoberto isso!!!! rsrsrs Cobrar afeto é o fim da picada.

    ResponderExcluir
  15. Ultimamente as pessoas têm pressa demais, e o amor nem sempre alcança.

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now