segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Você violou a lei do distanciamento estético (...) o distanciamento que é essencial pra você poder fruir

Elegy
"Com essa garota você sempre vai ser indefeso. Você nunca vai poder dar as cartas. Tem alguma coisa nela", disse George, "que enlouquece você, que sempre vai enlouquecer você. Se não cortar esta ligação de uma vez por todas, essa coisa vai acabar destruindo você. Com ela, você não está mais satisfazendo uma necessidade natural. Isso é patologia na forma mais pura. Olha", disse-me ele, "encare a vida como um crítico, do ponto de vista profissional. Você violou a lei do distanciamento estético. Você sentimentalizou a experiência estética proporcionada por essa garota - você personalizou, sentimentalizou a experiência, perdeu o distanciamento que é essencial pra você poder fruir."

(Philip Roth in: O animal agonizante. Ed. Companhia das Letras, p. 84)

4 comentários:

  1. Pensando... será que pode ser diferente?

    ResponderExcluir
  2. E sempre que este distanciamento é rompido a relação acaba por se perder, de uma forma ou de outra. É essencial na relação que se tenha um distanciamento para se poder fruir e para usufruir melhor.

    ResponderExcluir
  3. Eh ... tenho que admitir que já passei por isso ...

    ResponderExcluir
  4. E tantos fogem desse ponto e perdem o brilho da vida: o amor!
    Que eu seja destruída a cada vez que me aproximar demais de alguém, que ousar amar, mas que no fim seja reconstruída pelo poder que o amor me dá...

    Beijokas no coração

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now