segunda-feira, 29 de março de 2010

E o estar parado...


"Estavam ali
Na fronteira do olhar
Onde o de dentro encontra justamente
Com o de fora
Nesse ponto exato
Eles estavam
Bastava um gesto

Mas o meu estar parado
Era maior que eu".

(Caio F. - para Vera Antoun)

13 comentários:

  1. Não conhecia esse do Caio... MUITO lindo =)
    SEMPRE (L)
    Bom, Helena Kolody foi uma poetisa, conhecida principalmente pelos seus haikais...
    Td que conheço dela são Haikais, não sei se ela escrevia de outra forma.
    Espero ter ajudado =*

    ResponderExcluir
  2. Lindooooooooooooooooooo!!
    Caio demais, demais!!!
    beijo e boa semana flor

    ResponderExcluir
  3. Vera foi a noivinha que Caio congelou no altar, sozinha. Mas acho que depois ela soube receber as coisas lindas. Não eram aquelas que ela queria, mas eram melhores.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. ...lindos versos...

    bastava tão pouco nessa distancia...

    Beijos! Paz e Luz!

    ResponderExcluir
  5. Certos fragmentos de Caio que você por sua vez recorta traduzem de forma até mesmo assustadora certos fatos ocorridos...

    ResponderExcluir
  6. Tb adorei. Angústia paralisante, essa.

    ResponderExcluir
  7. Pq todo arroubo de paixão é lá meio angustiante, não?

    ResponderExcluir
  8. Conheço tanto isso. Bom demais me ler em Caio. bjs

    ResponderExcluir
  9. Qualquer estar nosso é assim, né, minha flor?

    Às vezes é tão desgastante não caber na gente mesmo. É cansativo procurar um lugar que nos caiba.

    ResponderExcluir
  10. Um gesto diz tanto, mais as vezes o silêncio diz mais, outras apenas um olhar!
    Que lindas palavras Vanessa!
    Um beijo da Ju

    ResponderExcluir
  11. Pois é...Sei bem o que é isso, mas por cansaço acabei desviando o olhar. Fui prestar atenção na margarida que vivia entre a calçada e o asfalto. Depois, achei mais graça nas estrelas. E quando dei por mim, já havia atravessado a fronteira! Já estava num outro país. Distante. Agora posso relaxar! =)
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now