domingo, 21 de novembro de 2010

roupa - de dentro, de fora


“(...) mendigo pelo amor de Deus que me achem bonita, alegre e aceitável, e minha roupa de alma está maltrapilha...”

(Conto “A bela e a fera ou A ferida grande demais”, Clarice Lispector)

2 comentários:

  1. logo a roupa de alma, a mais importante...

    ;**

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que nem todos podem ver o que estamos vestindo por dentro. Ainda bem.

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now