quarta-feira, 3 de novembro de 2010

elas são muita gente ao mesmo tempo


"O que sei das mulheres, meus amigos, é isto: elas são muita gente ao mesmo tempo. Como se trouxessem todas as variedades de vida dentro dos seus corpos. Elas são feiticeiras e anjos e putas. E homens, também. Todavia, são capazes de destapar o céu e agradecer. Nós não sabemos fazer nenhuma destas duas coisas. Pessoalmente, a ideia de destapar o ceú enche-me de frio. Nunca aguentei sequer uma corrente de ar".

(Os íntimos, Inês Pedrosa, Ed. Alfaguara, p. 37)

10 comentários:

  1. Que lindo!

    Me troxe a lembrança este verso:"Meus êxtases, meus sonhos, meus cansaços...
    São os teus braços dentro dos meus braços,
    Via Láctea fechando o Infinito."
    Florbela Espanca

    belo demais seu post!!!!

    bjos!

    Zil

    ResponderExcluir
  2. Olá Vanessa!
    Estou conhecendo teu BLOG agora. Vou segui-lo e indicá-lo.
    Boa semana,
    beijo,

    ResponderExcluir
  3. Ah sim... São muita gente ao mesmo tempo e é tão interessante isso!

    (*;

    ResponderExcluir
  4. Somos muita gente, somo as fases da Lua. Somos tudo, somos muitos, somos um pouco mais.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  5. As dores e delícias dessa nossa condição. Quero muito ler esse livro!

    ResponderExcluir
  6. Somente as mulheres conseguem ser assim...

    ResponderExcluir
  7. "... perto de uma mulher, são só garotos".

    ResponderExcluir
  8. Dito assim, por uma mulher, fica cristalino. Não sei se os homens têm noção da dimensão disso.
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  9. Ser poliédrica é uma delícia .

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now