quinta-feira, 22 de abril de 2010

desde o que chamo de The Big Disaster


"S´as que desisti do amor? Que alívio. É um processo que vem se arrastando há uns quatro anos, desde o que chamo de The Big Disaster, agora parece que con-so-li-dou-se. Será que é da idade? Fico ouvindo as pessoas naquele rodenir de ligou?-vou-ligar-não-sei-se-ligo-se-ligar-dizque-saí etc.&etc. e acho de uma pobreza alagoana".

(Caio F. em carta para Magliani, SP - 16.06.92, de Caio Fernando Abreu - Cartas, organizado por Italo Moriconi, p. 235)

2 comentários:

  1. E assim cresce o doente sentimento-embratel.

    ResponderExcluir
  2. As vezes acho que devemos realmente parar de escrever sobre rosas...

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now