segunda-feira, 7 de maio de 2012

o instante perdido

A insustentável leveza do ser
"Recolocou o chapéu coco e olhou-se demoradamente. Espantava-se de que, depois de tanto tempo, ainda estivesse perseguida pelo mesmo instante perdido."

(Milan Kundera in: A insustentável leveza do ser. Ed. Record, p. 92)

Um comentário:

  1. E não são esses instantes os mais insistentes perseguidores?

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now