sexta-feira, 1 de junho de 2012

que fazer?

"- E o que é que a gente faz com a aguda lucidez e aguda consciência? - Lúcia perguntara.
- Se mata - ele dissera."

(Maria Adelaide Amaral in: Aos meus amigos. Ed. Siciliano, p. 263)

5 comentários:

  1. Uma ideia que às vezes passa na cabeça...

    ResponderExcluir
  2. Quem, como eu, não acredita no sobrenatural, para não cair na tentação de pôr fim a uma vida sem nenhum sentido transcendente, tem de fazer um "tour de force" e encontrar essa razão de Ser, para além da rotina.

    Eu, ateu, subscrevo o sentido que Nietzsche nos indicou, com algumas adaptações pessoais. :)

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now