terça-feira, 9 de abril de 2013

Promoção de “Meninas inventadas”


Promoção de “Meninas inventadas”

A escritora Ana Letícia Leal, autora de “Meninas inventadas” promove um concurso cultural com parceiros amigos.

É super simples. Basta responder, neste post (como comentário) a seguinte pergunta: “Como você se (re)inventou?” e curtir as páginas (se você já curtiu alguma delas, tudo bem)
http://www.facebook.com/meninasinventadas, http://www.facebook.com/EscritaFinaEdicoes,http://www.facebook.com/ceciliamurgeldrawings e http://www.facebook.com/pages/Vem-cá-Luísa/204858299604934.

No dia 04 de maio divulgaremos a melhor frase, escolhida pela escritora. O ganhador leva um exemplar autografado. Participem!

4 comentários:

  1. Vamos lá Luiza, perdoe-me, digo Vanessa, contar como me (re)inventei.

    Acho que me (re)inventei essa noite, com o repousar das almofadas no canto do meu apartamento, com a Luiza ou a Ana, seja que personagem ou música for do Chico, acho que me inventei e me reinventei, assim, sem parênteses ou aspas a cada noite, quando percebo que ainda há tempo pra qualquer coisa que soa a uma tentativa. Uma tentativa de conseguir terminar uma história que já não comece pelo meio.

    ResponderExcluir
  2. Eu me (re)invento todos os dias, Luiza. Sempre ao deitar minha cabeça no travesseiro, repassar como foi o dia, tirar os prós e contras da vida diária, observar momentos que me estressei demais, aquelas situações que me mantive a calma. Porque todo dia é um recomeço, uma renovação do seu Eu.

    ResponderExcluir
  3. Oláaa! Divulguei seu sorteio no meu blog, dá uma passadinha lá, tem vários sorteios. Estou te seguindo aqui

    tambem, flor! Se quiser que eu divulgue outro sorteio que você vier a fazer me manda e-mail:

    sosorteando@gmail.com.

    Bjaço!


    http://sosorteando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Era apenas mais uma daquelas tardes chuvosas de inverno, a chuva chocava-se contra o meu telhado, e o frio penetrava as grossas paredes do meu quarto. fitei o teto, ja passava das 2 da manha e o sono me faltava. Peguei um livro que estava sobre o criado mudo, abrir.. meus olhos corriam rapidamente sobre as letrinhas miudas das paginas amareladas. E foi naquele momento que eu me (re)inventei, foi naquele momento que eu viajei para outro mundo sem sair do lugar, vivi imensas aventuras e não parei mais *-*

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now