domingo, 1 de setembro de 2013

Desejos de setembro


Quando pensava em parar, o telefone tocou. Então uma voz que eu não ouvia há muito muito tempo, tanto tempo que quase não a reconheci (mas como poderia esquecê-la?), uma voz amorosa falou meu nome, uma voz quente repetiu que sentia uma saudade enorme, uma falta insuportável, e que queria voltar, pediu, para irmos às ilhas gregas como tínhamos combinado naquela noite. Se podia voltar, insistiu, para sermos felizes juntos. Eu disse que sim, claro que sim, muitas vezes que sim, e aquela voz repetiu e repetia que me queria desta vez ainda mais, de um jeito melhor e para sempre agora. Os passaportes estavam prontos, nos encontraríamos no aeroporto: São Paulo/Roma/Atenas, depois Poros, Tinos, Delos, Patmos, Cíclades. Leve seu livro, disse. Não esqueça suas partituras, falei. Olhei em volta, a empregada tinha colocado para tocar A sagração da primavera, minha mala estava feita. Peguei os originais, a gabardine, o chapéu e a mala. Então desci para a limusine que me esperava e embarquei rumo a.

(Caio F. in: Pequenas epifanias. Quando setembro vier ::crônica::)

http://www.facebook.com/vencaluisa
www.vemcaluisa.blogspot.com

5 comentários:

  1. Oi, Vanessa,

    tão boa sua escolha para abrir esse mês tão especial...daqui uns dias os ipês estão em seu auge. Abraço do Pedra

    www.pedradosertao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. e assim embarcaremos rumo às ilhas de céu azulado... :')

    ResponderExcluir
  3. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now