quinta-feira, 13 de novembro de 2014

me dê motivos

A senhora está pensando o quê! O amor vem ou porque o cara é lindo pra caramba, parecido com um ator de novela, ou porque lembra o pai, ou porque tem grana, ou porque faz pensar no primeiro namoradinho, ou porque tem poder, ou porque é político e dá emprego pra família da gente e por aí afora. Sempre tem uma razão. Não vem assim do nada não, assim do nada só nos romances que a professora lia para a gente na Escola José de Alencar. Sem essa de ficar como uma flor no meio do mato esperando algum gato colher a gente. Pode esperar sentada que isso não existe. Não tem príncipe não, doutora.

Trecho de “Ilusão e Mentira” (Ed. Batel), de Godofredo de Oliveira Neto.

www.vemcaluisa.blogspot.com.br

2 comentários:

  1. E o povo custa a entender que a felicidade do amor pode estar ao lado da plebéia/plebeu, a quem não se dá atenção :/

    Beijoo'os

    ResponderExcluir

So if you have something to say, say it to me now