quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

do caminhar


"Posso ir bem devagar, o meu devagar, porque estou sozinha. Posso escolher o ritmo da minha dificuldade de caminhar, o ritmo do peso das minhas pernas."

(Adriana Lisboa in: Rakushisha. Ed. Rocco, p. 10)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

podem acontecer duas coisas,


"Martinha, se a gente botar um filhote de passarinho na frente de uma jaracuçu podem acontecer duas coisas, se o filhotinho piar a mãe vem correndo e ataca a cobra como uma louca, agora, se o passarinho não piar, a mãe vai ficar olhando a nojenta da cobra engolindo seu filhote e não vai fazer nada... (...) a língua da gente também é assim, é pra assuntar, não para inventar coisa ruim..."

(Godofredo De Oliveira Neto in: Marcelino Nanmbrá, o Manumisso. Ed. Nova Fronteira, p. 122)

Imagem: La solitudine dei numeri primi

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Helena de Lugar Nenhum


"Que sorte a minha", diz ele, olhando, assistindo. "Que sorte incrível a minha. A vida estava me devendo isso."
"É mesmo?"
"Não tem ninguém igual a você. Helena de Tróia."
"Helena de Lugar Nenhum. Helena de Nada."

(Philip Roth in: A marca humana. Companhia das Letras, p. 296)

Imagem: Pulp fiction

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

domingo, 27 de janeiro de 2013

penoso esforço


"Será que finalmente estava decidida a dizer a verdade? Ah, de jeito nenhum! Não lhe dizia que o que ela costumava chamar de felicidade de amar não passava de um penoso esforço..."

(Milan Kundera in: A vida está em outro lugar. Ed. Círculo do Livro, p. 67)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

Imagem: Camille Claudel

sábado, 26 de janeiro de 2013

do chorar


"E chorei. Acho que chorei de um jeito que nunca tinha chorado. Não conseguia mais parar. Me esticava na cama chorando, sentava na pequena poltrona aos prantos, me olhava no espelho soluçando. (...) Quis falar e não encontrava palavras."

(Godofredo De Oliveira Neto in: Ana e a margem do rio. Ed. Record, p.204-205)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

manto da perfeição artificial


"O rosto (...) apresentava uma imobilidade semelhante a uma máscara, característica da maquilagem perfeita e discreta. Entrou no quarto protegida pelo manto da perfeição artificial com que as mulheres que já são bonitas costumam se armar contra o mundo."

(Josephine Hart in: Perdas e danos. Ed. BestBolso, p. 175-176)

Imagem: Scarface

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

demasiado pequeno


"(...) a meu apelo, esse sofrimento tentava construir-se em meu coração e aí lançava os seus pilares imensos; mas meu coração era sem dúvida demasiado pequeno para ele, eu não tinha forças para carregar uma dor tão grande, meu coração se furtava ao momento em que ele tornava a formar-se de todo, e seus arcos desabavam antes de se haverem juntado, como desabam as vagas antes de haver formado sua abóbada."

(Marcel Proust in: Em busca do tempo perdido vol. 4 - Sodoma e Gomorra. Tradução de Mario Quintana. Ed. Globo, p. 147)

Imagem: As horas.

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

das marcas


"Por favor, não volte a fazer perguntas. Contei a você como uma advertência. Tudo isso me marcou muito profundamente, deixou marcas indeléveis que não se pode apagar. Sou uma pessoa marcada. Pessoas marcadas são perigosas. Sabem que podem sobreviver."

(Josephine Hart in: Perdas e danos. Ed. BestBolso, p. 42)

Imagem: Andreas Gefeller

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Vinicius e Clarice


Clarice Lispector entrevista Vinicius de Moraes. Revista Manchete, 1967.

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

sábado, 19 de janeiro de 2013

e sucessivamente...


"A criatura amada é sucessivamente o mal e o remédio que corta e agrava o mal."

(Marcel Proust in: Em busca do tempo perdido vol. 4 - Sodoma e Gomorra.Tradução de Mario Quintana. Ed. Globo, p. 186)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Nada há mais belo que o momento que antecede à viagem


"Xavier sentia que estava novamente impregnado de viagens. E nada há mais belo que o momento que antecede à viagem, o instante em que o horizonte de amanhã vem visitar-nos e contar as suas promessas."

(Milan Kundera in: A vida está em outro lugar. Ed. Círculo do Livro, p. 90)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Concurso Amantes da Gastronomia


Concurso Amantes da Gastronomia

A Malagueta Comunicação, em parceria com a Livraria Apicius, Have a Nice Beer e Favus Design está promovendo o concurso cultural “Amantes da Gastronomia”. Para participar é muito fácil: envie uma frase criativa contendo as palavras “comida” e cultura”, através do link http://www.favus.com.br/amantes-da-gastronomia/

O autor da frase mais bacana leva um Kit exclusivo de churrasco, contendo: uma tábua de bambu com bandeja para carnes, um livro “Carnes e churrascos” de Marcos Bassi (Ed. Senac), um DVD “A magia do churrasco - de Marcos Bassi” e uma faca para churrasco Tramontina (linha Century Polywood), além de dois meses de Associação do Clube de Cervejas Especiais Have a Nice Beer. As inscrições estão abertas até 06/02/2013. Participe!

http://www.malaguetanews.com.br/

domingo, 13 de janeiro de 2013

tanto pela frente


"Mas tão cedo, por que logo eu? Uma moça com tanta coisa ainda para construir? Tenho a vida pela frente, quadros para pintar, amores para amar, sonhos para sonhar, me deixa voltar para a vida, o Aimoré me espera, minha mãe já se inquieta."

(Godofredo De Oliveira Neto in: Menino oculto. Ed. Record, p. 143)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

Imagem: As horas

sábado, 12 de janeiro de 2013

ora a tornavam insuportável, ora irresistível


"Mas era magra, muito alta, frágil à vista, com uma cara de
menina de Botticelli, cabelos loiros desgrenhados com graça, e uns olhos azuis pensativos, embrulhados em tristeza súbita ou deslumbrados de alegria. A voz era musical e segura, ao contrário dela que parecia ainda não mais do que uma miúda. Mas não era infantil, longe disso: tinha, sim, trejeitos de criança que, conforme o meu humor, ora a tornavam insuportável, ora irresistível. Juntava em si essa fabulosa combinação entre uma mulher sensual e uma criança desprotegida - a Marilyn que todos os homens desejam poder um dia proteger."

(Miguel Sousa Tavares in: No teu deserto. Ed. Cia das Letras)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

edifício desabado


"A briga tinha sido séria - disseram-se mutuamente coisas que feriram, coisas inesquecíveis, que nunca poderiam ser apagadas, desculpadas, retiradas. Estavam profundamente enterrados nas ruínas do edifício desabado (...) do seu amor."

(Lawrence Durrel in: O príncipe das trevas ou Monsieur - O quinteto de Avignon I. Ed. Estação Liberdade, p. 237)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

Imagem: Gustave Marrisiaux

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

do fim


"(No fim, tu morres. No fim do livro, tu morres. Assim mesmo, como se morre nos romances: sem aviso, sem razão, a benefício apenas da história que se quis contar. Assim, tu morres e eu conto. E ficamos de contas saldadas.)"

(Miguel Sousa Tavares in: No teu deserto. Ed. Cia das Letras, p. 9)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

Ela se finge de superficial


"- Como assim?
- Eu me sinto, filha, como se eu estivesse sempre com muita, muita maquiagem e não me lembrasse mais da minha cara.
- Que sensação horrível! Mas você sempre limpou tão bem o rosto...
- A futilidade, Antônia, se disfarça. Ela se finge de superficial, mas se entranha nos poros.
- Nossa, mãe.
- Preste atenção, minha filha: a futilidade está sempre mentindo."

(Ana Letícia Leal in: Para crescer. Ed. Escrita Fina, p. 54)

http://diariosbordados.blogspot.com.br/

domingo, 6 de janeiro de 2013

o olhar


"Uma vez mais o olhar da governanta (...) foi comprido, comprido dardejante; mais, comprido dardejante e comparte, alguém que tinha de participar da festa, é isso que dizia Eve com todas as letras, letras propriamente não pois ali naquela hora não estava falando, dizia com imagens que iam se despregando e passando devagar pelos seus alhos como um filme em que se é ator e espectador ao mesmo tempo."

(Godofredo de Oliveira Neto in: Marcelino Nanmbrá, o Manumisso. Ed. Nova Fronteira, p. 83)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

sábado, 5 de janeiro de 2013

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

dos exilados


"Eu tinha o direito de exercitar os meus sonhos! Mas, quer nos Estados Unidos, quer na Suécia, quer na Dinamarca, sempre me senti como Isaías Caminha no Basil: E tive a sensação de estar em país estrangeiro.
O exílio tem isso de degradante: a sensação, lá no fundo, de ter sido expulsa porque as pessoas do seu país nunca aceitaram suas ideias. Tem de alguém puxar para cima e dizer: não, não, foi o governo que te expulsou, não o povo. Ele não pode fazer nada! Está bem, está bem acredito."

(Godofredo De Oliveira Neto in: O Bruxo do Contestado. Ed. Record, p. 15)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

passado e futuro, turvam a racionalidade da gente


"Já nem me lembro. O tempo parece que dá voltas, o que estava na frente passa para trás, e vice-versa, mal consigo encontrar o dia de hoje, que é o único que existe, como já disse, os outros dois, passado e futuro, turvam a racionalidade da gente."

(Godofredo De Oliveira Neto in: Menino Oculto. Ed. Record, p. 158)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Só pela arte podemos sair de nós mesmos


"Captar a nossa vida e também a dos outros; pois o estilo para o escritor como para o pintor é um problema não de técnica, mas de visão. É a revelação, impossível por maneira pela qual encaramos o mundo, diferença que, sem a arte, seria o eterno segredo de cada um de nós. Só pela arte podemos sair de nós mesmos, saber o que vê outrem de seu universo que não é o nosso, cuja paisagem nos seriam tão estranhas como as porventura existentes na Lua."

(Proust in: O tempo redescoberto. Tradução de Lúcia Miguel Pereira. Ed. Globo, p. 172)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

vontade de ser um deles


"O pescador olhou os pássaros com inveja. Vontade de ser um deles, gaivota ou tiriva, qualquer um! A aspiração trouxe-lhe algum sossego."

(Godofredo De Oliveira Neto in: Marcelino. Ed. Imago, p. 95)

http://www.facebook.com/vencaluisa
http://www.vemcaluisa.blogspot.com.br/